Orientação do Dia
24 nov
Oração é esperança. É o amanhecer da vida. Planta as sementes da felicidade. Aqueles que desafiam o futuro através da oração, verão sem dúvida os progressos contínuos nas suas vidas.

Carta da SGI Europa sobre o coronavírus 1 de Março de 2020


Queridos amigos,

Nos últimos dias, a propagação do coronavírus está a afectar de forma crescente muitos países Europeus. Os eventos com muitas pessoas podem permitir que o vírus se espalhe mais rapidamente, por isso escrevemo-vos para informar sobre as orientações que devemos colocar em prática para proteger todos os membros da SGI:

Fechar temporariamente os centros culturais.

Suspender temporariamente todas as actividades, incluíndo as reuniões de diálogo.

Nesse sentido, pedimos a todos os nossos membros que a partir de hoje e até informação em contrário, evitem quaisquer contactos presenciais com outros membros, mesmo em grupos pequenos, como forma de protecção pessoal e dos outros à nossa volta. Por isso vos pedimos, ainda, que não realizassem mais visitas pessoais presenciais a partir de hoje.

Estas orientações devem ser colocadas em prática até ao fim de Setembro de 2020 - após este período iremos rever e corrigir estas orientações de acordo com o desenvolvimento da situação.

Lamentamos profundamente esta situação, no entanto, consideramos ser uma medida necessária por forma a proteger os nossos membros e as pessoas em cada país da Europa. Pedimo-vos gentilmente que implementem estas orientações, tendo em mente que muitas comunidades da SGI, da Europa e do mundo já tomaram medidas semelhantes.

Encorajamento do Presidente Ikeda


Este fecho temporário dos centros e a suspensão das nossas reuniões não significa que kosen-rufu esteja a ser adiado. Com o espírito de continuar durante Março e Abril para atingirmos uma vitória a 3 de Maio - o 60º aniversário de Sensei assumir a presidência da Soka Gakkai - vamos usar estes tempos difíceis para nos encorajarmos mutuamente através dos meios mais apropriados.

Quando o vírus SARS surgiu em 2003, o Presidente Ikeda enviou uma mensagem em resposta ao relatório da situação em Hong Kong e em Taiwan, que reportava a impossibilidade de fazer reuniões, nessa altura.

Os membros decidiram oferecer encorajamento pelo telefone ou por mensagens de texto e foi nessa altura de dificuldade que surgiu a “campanha 1-2-3”:

  • Invocar Daimoku pelo menos 1h todos os dias
  • Estudar o Gosho e o encorajamento de Sensei pelo menos 20 minutos todos os dias
  • Contactar e encorajar pelo menos 3 membros e amigos por telefone todos os dias

Nessa altura em Hong Kong e em Taiwan, os membros não podiam sair das suas casas à noite, a altura em que eles normalmente participavam nas actividades da SGI. Por isso, ter de ficar em casa, deu-lhes a oportunidade para fazer telefonemas a membros e amigos com quem se encontravam raramente. Eles transformaram a situação numa oportunidade para reservar tempo para conversas pessoais e ter profundas trocas de coração a coração. Como resultado, os líderes (de Hong Kong e Taiwan) reportaram que esta situação lhes permitiu aprofundar e fortalecer as relações uns com os outros e, mais ainda, de desenvolver muitas novas amizades.

Muitos pais disseram que estavam gratos pelo tempo que passaram em casa porque puderam ajudar os seus filhos a aprender o Gongyo. Outros membros reportaram que os seus parceiros, que não praticavam o Budismo, começaram a folhear as revistas da SGI nesse período. Isto permitiu-lhes compreender a prática Budista do seu parceiro de uma forma mais natural. E as actividades “encorajamento por telefone” também ganharam grande interesse público na comunidade.

Nestas circunstâncias, o Presidente Ikeda enfatizou: “Os nossos membros nunca se permitem ser impedidos pelos obstáculos ou dificuldades. Eles estão determinados a apoiar a sociedade onde quer que estejam a viver. No Gosho, diz: ‘Myo significa reavivar, que significa voltar à vida.’ (WND-1, p.149) Quando praticam a Lei Mística, nunca ficarão num impasse. Mesmo que estejam a sofrer agora, por favor lutem pela Lei Mística, pelas pessoas e pela sociedade.

As vossas acções e a história pessoal do dia-a-dia que vocês escrevem com a vossa vida irá brilhar no futuro. Quanto mais sofrimento sentirem, mais forte e maior será o vosso desenvolvimento e poderão viver a vossa vida mais profundamente. Todos os sofrimentos irão transformar-se em tesouros. Isto é o mundo da fé. Não me estou a referir apenas aos benefícios visíveis. O que é importante são os imensos benefícios inconspícuos que acumulamos.”

Com isto em mente, pedimo-vos que emulem o exemplo dos membros em Hong Kong e Taiwan e usem esta difícil situação para ter diálogos pessoa a pessoa de profundo encorajamento, fazendo deles um trampolim para o grande desenvolvimento da humanidade e para kosen-rufu.